Apresentando: Amora Amorinha

Sabe aquelas pessoas que são a mistura perfeita da força com a delicadeza? A Andressa da Amora Amorinha é exatamente assim. Um doce de pessoa e ao mesmo com uma história incrível e uma força de vontade inspiradora.

Ao longo desses 4 meses (sim, já temos quase 4 meses) de blog, pude perceber que as histórias das marcas que apresento por aqui coexistem com a de seus idealizadores. Mas nesse caso isso é ainda mais forte. Isso porque as atividades manuais foram uma espécie de terapia para a Andressa. Demorou um tempo para ela perceber que também poderiam ser o seu trabalho e mais, o seu negócio.

Começou devagarzinho, principalmente com costura e terminou de preencher o espaço que faltava quando, de fato, ela descobriu o que queria fazer:

Explorar completamente seus recursos manuais

Desenvolver uma peça desde o marco zero

Colocar 100% do seu DNA nela

 

E foi assim que surgiu a Amora Amorinha que conhecemos hoje! 

Luvas de tricô com os dedinhos livres para trabalhar! Amô!

 

Uma das coisas mais legais da marca é a preocupação que a Andressa tem com todos os detalhes. Desde o site, até a embalagem e claro, no produto final. Tudo é muito delicado, e comunica perfeitamente a mensagem que quer passar: feito a mão e com carinho.

Pelo que percebi as golas são o carro chefe, também, não podia ser diferente em Curitiba né? Local onde a Andressa mora e produz todas as peças. Mas casacos, luvinhas, capas para note/tablet e até objetos de decoração também têm vez no e-commerce da marca. Tudo isso feito um a um pelas mãos da própria Andressa.

Comprei disquinhos de algodão para higiene da face (para substituir os descartáveis, sabe?) e foram os melhores que eu já usei. Como são feitos de 100% algodão não irritam a pele e tiram a maquiagem de verdade. Essa preocupação com a matéria prima também está presente na marca, já que, apesar de precisar ter algumas fibras sintéticas na produção, a Andressa se preocupa em utilizar as naturais, além de fio de malha que é produzido através de resíduos da indústria têxtil (very cool).

Delicadeza e carinho no envio do produto. Está no DNA da Amora Amorinha

Falando em resíduo, os seus próprios são mínimos, já que a Andressa tem um esquema de produção otimizada. Na Amora, resíduos maiores  viram produtos menores e pequenos retalhos se transformam em enchimento de produtos que precisam. Nada de lixinho para o mundo!

E como se não bastasse toda essa maravilhosidade de marca e conceito que essa mulher incrível criou, ela ainda faz questão de dividir seu talento e seu conhecimento com as outras pessoas por meio de workshops. Sim, você pode aprender a fazer disquinhos fofos como esses com a própria. Eles são periódicos, mas é só se ligar nas redes sociais que ela conta mais por lá sobre datas e turmas.

 

Quer saber? De agora em diante eu sei quem faz minhas peças de tricô e valorizo muito o seu trabalho.

Obrigada, Andressa! 

 

Produção: Curitiba/PR

Site e loja vistual: http://www.amoraamorinha.com.br

Instagram: @amoraamorinha

  • Produção artesanal – produção um a um pela própria artista;  
  • Fair Trade; 
  • Possui produtos 100% algodão (biodegradável) e com fio de malha de resíduos de outros produtos (upcycle);
  • Possui opções veganas; 
  • Utilização do máximo possível da matéria prima com produção otimizada, além de confecção e enchimento de outros produtos;

Você também pode gostar de

3 Comentários

  1. Uauuuuuu! Aqui em Curitiba? Choquei! Preciso conhecer mais isso!
    Achei incríveis esses disquinhos de algodão… Nem sabia que isso existia! Maravilhoso!
    Gratidão por mais uma vez apresentar uma marca linda pra gente! E parabéns pelos 4 meses de blog! Tá demais de lindo, sua maravilhosa!

    1. Sim! Muita fofura, né?
      Os disquinhos são para diminuir a produção de lixo com o algodão nosso de cada dia.
      Então você usa, dá uma lavadinha e deixa secando. É ótimo. Eu aboli o algodão descartável por aqui.

      Obrigada por ser uma das maiores incentivadoras! Motiva tanto!
      Beijinhos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *