QFSR no youtube: GENDERLESS

Você sabe o que é Genderless?

Basicamente, é uma moda sem gênero. Aquele modo de se vestir quando você não se importa se aquilo é masculino ou feminino, apenas veste e vai ser feliz.

No vídeo de hoje tenho um convidado especial, o Ericmeu marido e apoiador do QFSR. Eu e ele vamos explicar melhor o conceito e genderless e contar as 5 peças de roupas que compartilhamos.

Curtiu? Não esquece de clicar no dedinho para cima e se inscrever no canal. Isso nos ajuda muito a criar cada vez mais conteúdo por aqui.

Depois me conta o que achou do vídeo?

Beijos da valen! 

Apresentando: Tita Co

O que dizer dessa marca que eu mal conheço e já considero muito? Brincadeiras a parte, a Tita Co foi uma grata surpresa na minha vida e é um prazer apresentá-la para vocês hoje.

Conheci a Luiza um dia desses meio no susto. Tínhamos dificuldade de encontrar um horário no meio dessa loucura que é a vida aqui na cidade mais caótica do país. Até que um dia deu certo, eu saí correndo e entre um atendimento e outro conseguimos conversar.

Metas 2018: por que não tê-las?

Chega essa época do ano e o que eu mais vejo são dois grupos de pessoas bem distintos. Aqueles que fazem listas e traçam metas (muitas vezes impossíveis de serem cumpridas) para o ano que está chegando e aqueles que criticam quem faz isso.

Fonte: https://patypegorin.net

Eu nunca fui uma pessoa de fazer uma lista de metas para o outro ano, para falar bem a verdade eu poderia ser até uma pessoa do grupo de críticos em um passado bem recente. Mas meu ano de 2017 foi TÃO conturbado que eu acabei deixando de lado vários projetos pessoais e profissionais. Sim, eu acabei me dando o “restinho”do ano para simplesmente viver, sem grandes exigências ou tarefas a serem cumpridas, sabe?

Por esse motivo resolvi traçar metas específicas, porém bem planejadas e nada impossíveis de serem alcançadas. Enquanto fazia isso descobri o quanto isso pode ser legal e resolvi compartilhá-las com vocês. Dessa forma tenho mais motivação ainda para realizar, certo?

Apresentando: Leninha Lingerie

Hora da enquete: aquela menina que nunca se sentiu insatisfeita com seus seios em algum momento da vida, que atire a primeira pedra!

É, de fato essa é uma questão para 90% das adolescentes e mulheres no Brasil e, por muito tempo, pra mim também.

Durante esse meu processo de mudança tenho tentado estimular um processo de valorização, aceitação e diria até admiração do meu próprio corpo. Sabe? Parar de ser tão dura comigo, valorizar outras coisas além da estética. No meio disso tudo, apareceu a Maria, idealizadora da Leninha, no meu caminho.

Vamos conversar sobre consumo consciente?

 

É com muita honra que eu venho contar para vocês que essa semana teremos um evento muito especial. Vamos falar sobre moda, consumo consciente e sustentabilidade. Além disso, também vou contar para vocês por que resolvi começar o blog e quais são os meus objetivos com ele. Depois disso vamos ter uma mesa de conversa com as super Renata Cechinel – Fotógrafa e Taisse Marcos – idealizadora da Très Deyo.

Apresentando: Mínima

Mesmo com pouco tempo de blog (começamos em maio desse ano), já contei aqui algumas histórias de pessoas e marcas que me tocaram de verdade. História de gente que deixou o emprego, mudou a carreira, descobriu o que amava ou o que, simplesmente, não gostava. Diversas histórias lindas e inspiradoras, mas nenhuma dessas me emocionou tanto quando a da Mínima e sua idealizadora, a Fernanda.

Apresentando: Céu Handmade

Dar vida e cor para coisas subutilizadas, essa é a especialidade das meninas da Céu Handmade.

A marca de Porto Alegre (essas gaúchas estão demais, só da RS por aqui – Gol, me patrocina?), especializou-se em customização de roupas, acessórios e tudo mais que você quiser. A marca é super cool e eu tenho certeza que você vai amar conhecer um pouco mais.

Apresentando: Brisa Slow Fashion

Tenho muita honra em apresentar para vocês a Brisa Slow Fashion. Honra sim, porque o trabalho dessas meninas é de emocionar quem anda se perguntando onde o mundo vai parar.

 

 

Depois de algum tempo acompanhando o blog, você já deve ter entendido (apesar de eu não apertar tanto nesse tecla para não assustar demais) que estamos no meio de um colapso. A conta simplesmente não fecha mais. É matéria prima se esgotando, produção de lixo nas alturas sem destino e descarte adequados, exploração de mão de obra para alcançar preços cada vez mais baixos (mesmo com o valor de tudo aumentando), entre outros problemas gigantes decorrentes da indústria da moda (vou parar por aqui para não assustar o povo).  No meio dessa loucura, surge a Brisa.

As mãos por trás da Pera Store

Aqui no Quem Faz Suas Roupas é assim! Gostamos mesmo é de quem valoriza a pessoa por trás da marca. Quem “mata a cobra e mostra o pau” (brincadeira pessoal, somos cruelty free por aqui). E foi isso que a Pera Store fez na última ação da marca.

Se você ainda não conhece o trabalho incrível da Pera, clique aqui para ler nosso post de apresentação.

A Thayse (idealizadora, proprietária, designer, modelo e tudo mais que precisar) trabalha com as mesmas costureiras há algum tempo e já criou uma relação de parceria com elas. Ela está sempre acompanhando a produção de perto. Por isso, trocam até mensagens pelo celular para saber como está o andamento da produção. No final das contas, acabaram criando um vínculo acima do profissional.